VAMOS VENCER O MAIOR DESAFIO DAS NOSSAS VIDAS!


A crise de saúde pública que está a abalar o mundo desde o final de 2019 tem preocupado todos nós pelos efeitos catastróficos que tem provocado por todo o globo – nuns locais mais que outros – deixando todos ansiosos e preocupados com a família, com os amigos, com os colegas de trabalho e mesmo com desconhecidos a que não somos insensíveis.

A pandemia ainda progride dramaticamente potenciando o impacto global e todos nós, individualmente ou nas nossas organizações, temos o enorme desafio de vencer esta batalha, por uma questão de humanidade, justiça e de solidariedade.
A prioridade é, naturalmente, a saúde mas não podemos ignorar o enorme desafio aos estados e às comunidades (que queremos preservar) do acréscimo ao efeito da pandemia, nomeadamente os efeitos económicos e sociais (emprego, economia e até coesão territorial) numa situação comparável ao ocorrido quando dos grandes conflitos.
Com todos os agentes em dificuldades sérias compete, também, aos Sindicatos evitar mais desigualdade e pobreza numa participação activa na busca de soluções enquanto parceiros sociais, socorrendo-nos de todos os instrumentos políticos para defender os postos de trabalho e contratação, que precisa de contar com todos num plano global sério a nível internacional.

Particularizando a nível continental, as políticas europeias têm que estar à altura das necessidades para bem de todos os cidadãos e do próprio projecto europeu. A União Europeia (se quiser) tem condições objectivas para desempenhar, no mundo, o papel central de recuperação desta crise! Tem dimensão, credibilidade e recursos… os sinais é que são incertos, mas todos temos que contribuir para o sucesso final.
Solidários sempre! Vamos vencer!!!